Como Consultar Extrato INSS para o Imposto de Renda?

porInforme de Rendimentos

Como Consultar Extrato INSS para o Imposto de Renda?

Há duas formas de consultar o Extrato INSS para o imposto de renda 2018 sem sair de casa: A primeira opção de consulta é através do aplicativo Meu INSS. A segunda opção de consulta é através da emissão de Extrato INSS online no site da Previdência Social. Neste artigo, iremos aprender a realizar estas duas consultas do informe de rendimentos INSS para elaboração do ajuste anual de imposto de renda. Lembramos que, além destas consultas, o beneficiário também pode obter o extrato INSS nas agências de Previdência Social. Porém, para mais conforto ao cidadão, o INSS recomenda que a impressão seja feita na internet ou nos terminais de autoatendimento dos bancos.

Os aposentados e pensionistas beneficiários da Previdência Social já podem consultar o Extrato INSS para o Imposto de Renda 2018. O Extrato do INSS é o documento oficial da Previdência Social que comprova o recebimento dos benefícios previdenciários. Nesse informe de rendimentos são detalhados os valores dos benefícios, eventuais descontos, bônus e a data de recebimento dos valores. Trata-se do documento oficial para comprovação de rendimentos tributáveis e isentos a serem declarados no programa de ajuste anual do imposto de renda da pessoa física (DIRPF) 2018, ano base 2017.

Quem Deve Declarar Imposto de Renda em 2018?

Cerca de 40 milhões de brasileiros devem declarar o imposto de renda neste ano. As declarações devem ser entregues até o dia 30 de abril de 2018. Quem perder o prazo precisará pagar uma multa de 1% do imposto devido por mês de atraso até o limite de 20% do valor ou de R$ 165,74, prevalecendo o maior custo. Para evitar este gasto desnecessário, confira a seguir se você está obrigado a fazer a declaração.

  • Qualquer pessoa que tiver recebido no ano passado renda tributável de mais de R$ 28.559,70 precisa fazer a declaração de imposto de renda neste ano. Salário, por exemplo, é um rendimento tributável. Valores recebidos do INSS também são tributáveis. Ou seja, aposentados também ficam obrigados a fazer a declaração do imposto de renda, caso seus rendimentos, somados, sejam superiores a R$ 28.559,70.
  • Quem recebeu rendimentos não tributáveis ou tributáveis exclusivamente na fonte que, somados, resultem em valor superior a R$ 40 mil, também está obrigado a fazer a declaração de imposto de renda. Entre os rendimentos não tributáveis estão dividendos, indenizações, heranças, doações recebidas, dentre outros. Já os rendimentos tributáveis exclusivamente na fonte são os valores recebidos em concursos e sorteios, prêmios em dinheiro ou ganhos na loteria, além de juros sobre capital próprio.
  • O contribuinte que tem bens ou direitos cujo valor, somados, superem R$ 300 mil também precisa fazer a declaração do imposto de renda. Quem teve, em qualquer mês de 2017, algum ganho de capital na venda de bens ou direitos sujeitos ao pagamento de imposto de renda terá que fazer a declaração. É o caso, por exemplo, de quem vendeu um apartamento ou realizou operações na bolsa de valores, bolsa de mercadorias ou de futuros.

Como Consultar o Extrato INSS para Imposto de Renda no Site Online?

Para consultar o Extrato INSS no site online, o aposentado ou pensionista deve acessar o portal da Previdência Social, informar o ano base, número do benefício, data de nascimento, nome do beneficiário e o CPF. O procedimento de consulta online é bem simples e facilita a vida de quem não pode se deslocar até uma agência. Para consultar o Extrato INSS para o Imposto de Renda 2018, acesse o site online neste link. A tela de consulta será apresentada conforme mostrado na figura a seguir:

como consultar extrato inss para imposto de renda

Nesta tela, o beneficiário do INSS deverá entrar com as seguintes informações:

  1. Ano calendário: Selecionar o ano calendário (ano de recebimento do benefício) desejado, por exemplo, 2017;
  2. Número do beneficio: Digitar o número do benefício sem pontos e barras, ou seja, somente os algarismos;
  3. Data de nascimento:  Digitar a fata de nascimento no formato XX/XX/XXXX;
  4. Nome do beneficiário e CPF: Digitar o CPF sem a utilização de traços, pontos ou barras;
  5. Código de segurança da página: Digitar o código de segurança fornecido aleatoriamente pelo próprio sistema.

Ao final, o beneficiário deverá clicar sobre o botão Consulta para ter acesso à área restrita de informações sobre o seu beneficio. Agora que você possui as informações desejadas na tela do seu computador é só imprimir para poder anexar junto aos demais documentos necessários para fazer a declaração do Imposto de Renda 2018.

Como Consultar Extrato INSS para Imposto de Renda no Aplicativo Meu INSS?

Para consultar o Extrato INSS no Aplicativo Meu INSS, o aposentado ou pensionista deverá acessar o aplicativo no dispositivo mobile ou mesmo no computador e clicar na opção Extrato de Imposto de Renda (IR) como mostra a figura a seguir:

como consultar extrato inss para imposto de renda no meu inss

A versão do Meu INSS online pode ser acessada neste endereço. A versão mobile para Android pode ser baixada neste endereço e a versão para iOS pode ser baixada neste endereço. Em caso de dúvidas, ligue para a Central de Atendimento do INSS pelo telefone 135. O serviço está disponível de segunda a sábado das 7h às 22h e é gratuíto.

A central de serviços Meu INSS é uma ferramenta criada para facilitar a vida dos segurados. A ferramenta permite fazer agendamento e realizar consultas. O segurado acessa e acompanha todas as informações da sua vida laboral (ou seja, sua história de trabalho) como dados sobre contribuições previdenciárias, empregadores e períodos trabalhados.

Para utilizar esses serviços é necessário se cadastrar e obter senha no próprio site. Os cadeados na página indicam quais os serviços precisam de senha. Em caso de dúvida, é possível ligar para o telefone 135. O site também disponibiliza serviços que não precisam de senha, como o agendamento para dar entrada em benefícios no INSS e marcação de perícia médica.

Extrato INSS de Aposentadoria e Pensão Detalhado

A figura abaixo apresenta um exemplo de extrato INSS para imposto de renda. Uma vez que já aprendemos como emitir o extrato INSS, agora vamos entender cada item descrito neste informe.

extrato inss

1 – Fonte Pagadora Pessoa Jurídica ou Pessoa Física

Aqui são descritos os dados (CNPJ e Nome) da fonte pagadora da aposentadoria ou pensão.

2 – Pessoa Física Beneficiária dos Rendimentos

Aqui são descritos os dados (CPF, Nome e Número do Benefício) do aposentado ou pensionista.

3 – Rendimentos Tributáveis, Deduções e Imposto Retido na Fonte

Rendimentos tributáveis são a soma de toda a renda sobre a qual imposto de renda de pessoa física incide, desde que acima de R$ 1.903,98 mensais. As deduções ajudam a reduzir a base de cálculo do imposto diminuindo, portanto, o valor a pagar ou aumentando as chances de restituição. O imposto de renda retido na fonte é aquele que já foi recolhido, mas ainda deve ser restituído ao contribuinte. As formais mais conhecidas desse tipo de imposto são as gerados pelo trabalho assalariado e pelas férias, porque são rendimentos considerados como uma antecipação de desconto do imposto devido.

A contribuição previdenciária oficial equivale à somatória de todos os valores correspondentes a previdência oficial (INSS, IPESP, IAMSPE), ou seja, é todo valor que o empregador recolhe do salário do trabalhador para financiar a sua aposentadoria. O extrato INSS pode informar ainda as contribuições a previdência privada ou ao fundo de aposentadoria programada individual (FAPI) se for o caso. Caso o beneficiário tenha pensão alimentícia descontada diretamente na fonte a mesma também seria informada no informe de rendimentos INSS.

4 – Rendimentos Isentos e Não Tributáveis

Na consulta do extrato INSS, Os rendimentos isentos e não tributáveis, isto é, aqueles que não possuem incidência de imposto de renda, podem ser: parcela isenta dos proventos de aposentadoria, reserva, reforma e pensão (65 anos ou mais); diárias e ajudas de custo; pensão, proventos de aposentadoria ou reforma por moléstia grave, aposentadoria ou reforma por acidente em serviço; lucro e dividendo apurado a partir de 1996 pago por pessoa jurídica; valores pagos a titular ou sócio de microempresa de pequeno porte; indenização por rescisão de contrato de trabalho.

5 – Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva

Na emissão do informe de rendimentos INSS podem ser apresentados o décimo terceiro salário e o imposto de renda retido na fonte sobre o 13o. salário.

Declaração de Aposentadoria ou Pensão do INSS no Imposto de Renda 2018

Os benefícios de aposentadoria e a pensão recebidos da Previdência Social não são isentos de imposto de renda. São rendimentos tributáveis, sujeitos à tributação pela tabela progressiva, e devem ser declarados no programa de ajuste anual do imposto de renda. Em 2018, serão isentos do imposto de renda os rendimentos anuais de aposentadoria até o teto de 22.847,76 reais. Acima desta quantia, a aposentadoria e a pensão do INSS serão tributados. Veja a seguir a tabela de tributação progressiva vigente:

Renda anual Alíquota Parcela a deduzir do imposto
Até R$ 22.847,76
De R$ 22.847,77 até R$ 33.919,80 7,5% R$ 1.713,58
De R$ 33.919,81 até R$ 45.012,60 15% R$ 4.257,57
De R$ 45.012,61 até R$ 55.976,16 22,5% R$ 7.633,51
Acima de R$ 55.976,16 27,5% R$ 10.432,32

Mesmo que o benefício tenha ficado isento de imposto de renda em função do abaixo do limite, o mesmo será somado a outras eventuais rendas tributáveis, podendo inclusive elevar a alíquota de imposto.

Quem tem mais de 65 anos e recebe aposentadoria do INSS tem direito a abater uma parcela de seus rendimentos todo mês a partir do mês em que completa 65 anos de idade, o que reduz a base de cálculo do imposto. Dos valores recebidos em 2017, pode ser abatido um total de 1.713,58 mensal.

Quem tem mais de 65 anos e recebe dois benefícios precisa ficar atento quanto à isenção. Suponha um aposentado pelo INSS e por uma fundação de previdência privada. Nas informações recebidas de ambas as fontes, será informado em cada uma o valor total de isenção para aposentados com mais de 65 anos (R$ 24.751,74).

Do valor total informado de uma delas, considera-se o valor de R$ 24.751,74 como isento e a diferença para o total recebido dessa fonte como rendimento tributável. Da outra fonte, considere o valor total informado como tributável.

Assim, a parcela isenta da aposentadoria deve ser declarada na ficha Rendimentos Isentos e Não Tributáveis com o código 10 – Parcela isenta de proventos de aposentadoria, reserva remunerada, reforma e pensão de declarante com 65 anos ou mais.

extrato inss como declarar

O que ultrapassar esse valor deve ser declarado na ficha Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoa Jurídica. Por exemplo, se o aposentado ou pensionista recebeu R$ 40 mil no ano de 2017, terá que declarar com o código 10 (ver figura acima) da ficha rendimentos isentos e não tributáveis o valor máximo de R$ 24.751,74. Os R$ 15.2483,26 restantes deverão ser declarados na ficha de rendimentos tributáveis recebidos de pessoa jurídica (ver figura abaixo).

extrato inss imposto de renda

Alguns rendimentos pagos pela Previdência Social são totalmente isentos de IR. É o caso das pensões e aposentadorias por doença grave ou acidente em serviço, que devem ser declaradas na ficha Rendimentos Isentos e Não Tributáveis com o código 11 – Pensão, proventos de aposentadoria ou reforma por moléstia grave ou aposentadoria ou reforma por acidente  em serviço.

extrato inss declaracao imposto de renda

Em breve iremos preparar um tutorial de utilização do aplicativo Meu INSS. Além da função e emissão de extrato para imposto de renda, o aplicativo tem outras funções muito úteis para os beneficiários da Previdência Social tais como: Extrato Previdenciário (CNIS), Histórico de Crédito de Benefício, Extrato de Empréstimo Consignado, Resultado de Perícia, Agendamento, dentre outras. No vídeo abaixo você poderá ver como é feito o cadastro.

Esperamos que este post tenha sanado sua dúvida quanto à consulta do extrato INSS para o imposto de renda. Caso ainda tenha dúvidas, críticas e sugestões, use a área de comentários que entraremos em contato o mais breve possível.

Sobre o Autor

Informe de Rendimentos administrator

Deixe uma resposta