A compra de um veículo é algo que deve ser muito pensado pois costuma envolver valores financeiros elevados. Além dos gastos com a compra do bem em si, há diversas outras despesas que devem ser colocadas na planilha como taxas, seguros e manutenção. Infelizmente a renda per capta do brasileiro é muito baixa e os veículos possuem preços elevados, por isto, a grande maioria dos compradores utiliza o financiamento para viabilizar a aquisição. Mas nem todo financiamento é benéfico ao comprador, por isto, é importante conhecer todos os aspectos que envolvem os financiamentos. Uma importante ferramenta para auxiliar o comprador na tomada de decisão é o simulador de financiamento, e aqui nesta página iremos discutir a respeito deste método de projeção.

Comprar um veículo pagando à vista é algo impensável para a maioria dos brasileiros, ainda mais em tempos de crise econômica como a que vivemos nos últimos anos. Neste cenário, o sonho do carro novo na garagem pode até parecer muito distante, mas através de financiamento você pode adquirir seu carro, moto ou caminhão mais cedo que imagina. Graças as diversas oportunidades de financiamento oferecidas atualmente pelas instituições financeiras, está mas fácil comprar um veículo. Os financiamentos oferecidos pelos bancos privados e públicos, por exemplo, estão facilitando a aquisição de veículos com taxa de juros atrativas. Porém é importante saber como escolher o melhor financiamento para você.

Tipos de Financiamento de Veículos

O cliente deve escolher, quando disponível, a opção mais adequada para complementar os recursos necessários para a obtenção do veículo, observando as condições contratuais.

Leasing (Arrendamento Mercantil)

A operação de arrendamento mercantil, conhecida como leasing, funciona como uma espécie de aluguel. Principais características dessa operação:

  1. O veículo será de propriedade da instituição financeira até o término do contrato;
  2. Após a quitação da operação, o cliente poderá exercer a opção de compra do bem;
  3. Não há incidência de impostos para o cliente;
  4. O contrato pode ser liquidado antecipadamente somente após decorrido o prazo mínimo de 24 meses.

Leasing em inglês significa “locação”. É uma locação financeira que acontece por meio de uma arrecadadora ou locadora (banco ou financeira). Com essa locação ou arrecadação, o cliente escolhe um bem, seja um veículo, imóvel ou equipamentos, e o aluga por um prazo acordado mediante contrato. Ao fim desse acordo, o locador tem a opção de renovar ou realizar a devolução do bem.

O leasing tem sido muito utilizado por pessoas que querem adquirir veículos pois os juros e taxas são menores e, ainda, há a isenção do IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) por não ser considerado um empréstimo. Com ele você consegue ter mais rapidez na negociação do veículo. Assim, em contratos de arrendamento mercantil ou locação financeira, o cliente tem mais facilidade em ter o seu crédito aprovado. Isso acontece porque o bem é registrado como posse de um banco e como garantia de pagamento.

Por outro lado, como propriedade do bem é de um banco, isto pode se tornar uma desvantagem se você desejar vender o bem antes de terminar o contrato. Ademais, caso não cumpra as cláusulas estabelecidas ou decida cancelar antecipadamente o acordo, você será penalizado. Dessa forma, caso ainda não tenha quitado o bem, você encontrará muita burocracia na tentativa de vendê-lo.

CDC (Crédito Direto ao Consumidor)

O Crédito Direto ao Consumidor é um modelo de empréstimo feito por lojas, cooperativas de crédito e bancos. Trata-se de uma operação de crédito concedida a pessoas físicas ou jurídicas, para a aquisição de veículos novos e/ou usados. Principais características dessa operação:

  1. O veículo financiado ficará em nome do cliente e vinculado em contrato a instituição financeira como garantia da operação. Isso significa que, em caso de descumprimento do contrato, o veículo poderá ser apreendido para liquidação da dívida ou parte dela;
  2. Haverá a incidência de IOF (Imposto sobre operações financeiras);
  3. Será possível efetuar a liquidação antecipada do débito, total ou parcialmente, mediante redução proporcional dos juros.

Leasing e CDC são procedimentos diferentes. No caso do primeiro, o bem é de propriedade do arrendador, geralmente, um banco, que concede o direito de usufruir mediante o pagamento, por um prazo determinado. Em contrapartida, ao fim do contrato, há a possibilidade de compra do bem pelo arrendatário. Já no CDC, o cliente realiza a compra, utilizando recursos de terceiros, como bancos e empresas de crédito. Desse modo, ao pagar todas as prestações do financiamento, o cliente se torna dono do bem, tendo-o registrado em seu nome.

A vantagem deste tipo de empréstimo é que o consumidor passa a possuir o veículo no ato da compra, sem precisar ter pago seu valor total. As parcelas são acrescidas de juros cujas taxas são menores do que os do cheque especial ou dos cartões de crédito: por outro lado, são bem maiores do que o rendimento da caderneta de poupança. Ele pode ser utilizado em diversas modalidades de empréstimo, mas costuma ser mais comum na aquisição de bens, como veículos.

Custo Efetivo Total – CET

Antes de avançarmos neste assunto de financiamento de veículos, é importante nos familiarizarmos com um conceito muito importante, trata-se do CET (Custo Efetivo Total). O CET é a verdadeira taxa do financiamento. Este custo varia de um banco para outro porque leva em consideração os juros, as tarifas, seguros, custos relacionados a registro de contrato e outras despesas cobradas na operação. Fique atento, portanto, à diferença entre taxa de juros e CET quando fizer suas simulações.

Um ponto de atenção para quem deseja financiar um veículo é que toda simulação de financiamento leve em consideração o Custo Efetivo Total. O CET é a verdadeira taxa do financiamento, já que ela inclui não só os juros como também as demais tarifas cobradas na operação. Em geral, ela acrescenta cerca de um ponto percentual ao valor dos juros. A livre concorrência entre os bancos permite que o cliente faça uma analise de em qual instituição pode lhe ser mais vantajoso fazer o financiamento devido a diferença entre as taxas cobradas.

Simulador de Veículo

Acreditamos que a simulação de financiamento seja a ferramenta mais efetiva na análise dos diversos produtos de financiamento disponíveis hoje no mercado. A simulação de financiamento não deve ser subestimada por quem está procurando por um bom financiamento de veículo, podendo ser feita rapidamente online, no site da própria instituição financeira. Há diferentes bancos no mercado oferecendo financiamentos, o que significa que as taxas de juros e condições de pagamento podem variar. O importante é escolher o banco com as melhores condições de financiamento.

Os simuladores de financiamento são fácil de utilizar, basta que você preencha os campos com as informações de seus dados e do financiamento desejado. Através destes simuladores de financiamento de veículos, você poderá saber previamente mais detalhes das condições do financiamento desejado. Mas atenção, além de comparar as taxas de juros das diversas instituições, é importante também comparar as condições e formas de pagamento de cada banco. Portanto, fique atento pois nem tudo que reluz é ouro.

Simuladores de Veículo Online

Diversos sites oferecem simuladores de financiamento de veículos para que você possa realizar suas projeções. O processo é muito simples, basta entrar no site e entrar com alguns dados básicos como tipo do veículo, marca, modelo, ano de fabricação, valor do veículo, valor da entrada, estado, dentre outros.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.